14-04-2011 às 11:03

Finlândia ameaça ajuda externa a Portugal

A ajuda externa a Portugal pode vir a ser travada pela Finlândia, indicou esta quinta-feira um conselheiro do Ministério das Financas finlandês em declarações à Rádio Renascença. Os finlandeses elegem um novo Governo este domingo e, segundo algumas sondagens, quase metade (48%) da população opõe-se a qualquer tipo de ajuda a Portugal.

Na Finlândia, o resgate financeiro aos países do euro depende da aprovação do Parlamento.

«Vamos ter eleições parlamentares no domingo e há a possibilidade de os partidos que disseram estar contra a ajuda a Portugal obterem a maioria e formarem Governo. E se mantiverem as suas promessas, é possível que a Finlândia não participe nesta ajuda a Portugal», disse à Renascença Martti Salmi, acrescentando que os finlandeses consideram que Portugal deve entrar em bancarrota.

Caso a Finlândia chumbe o apoio a Lisboa, a ajuda poderá ser distribuída pelos restantes países do euro. Contudo, é necessária a unanimidade para accionar o Fundo de Estabilização Financeira (FEEF).

«Muito pouco se disse sobre uma situação em que um Estado-membro diz que, afinal, não pretende participar. Vai criar uma nova e complicada situação», argumenta Martti Salmi.

Comentários

PUB

Mercados

PSI-20

5.287,72 (-0,07%)

powered by Infobolsa.pt

Maiores Subidas e Descidas

  • CTT 7,49 5,49%
  • IPR 0,97 4,76%
  • EDP 3,34 2,74%
  • GALP 10,40 -4,85%
  • SEM 8,94 -4,70%
  • PTC 1,51 -2,89%

Ver todas as cotações

Mercados Externos (Cotação / % Variação)

PUB