05-03-2013 às 10:55   actualizada às 13:11
Alemanha: Centro de Emprego oferece trabalho na prostituição

Alemanha: Centro de Emprego oferece trabalho na prostituição

A agência pública de emprego alemã (Agentur fur Arbeit) incluiu na bolsa de oportunidades de trabalho uma oferta de emprego para «damas de companhia», prometendo «aventuras com homens de negócios, advogados, desportistas e médicos e Vips».

A agência de emprego em causa, localizada em Dusseldorf, no oeste da Alemanha, publicou na sua página web uma oferta de trabalho para a prática da prostituição ao incluir um anúncio que pedia trabalhadoras para uma empresa de acompanhantes exclusivas que oferece sexo aos seus clientes.

De acordo com o noticiado pelo jornal Bild, o anúncio da empresa “Escort.de” pedia mulheres com idade entre os 18 e os 40 anos que soubessem usar o seu encanto feminino. A oferta de emprego minimizava a falta de experiência de eventuais candidatas, prometendo uma atividade lucrativa depois de uma sessão fotográfica e formação para a função dadas de forma gratuita pelo empregador.

Citado pelo jornal, Paul Ebsen, porta-voz da Agência Federal de Emprego, afirmou que, «normalmente todas as ofertas de emprego são verificadas». Neste caso, o responsável lamentou a ocorrência e adiantou que a agência ia retirar o anúncio o «mais rápido possível».

Comentários

PUB

Mercados

PSI-20

6.449,68 (-0,28%)

powered by Infobolsa.pt

Maiores Subidas e Descidas

  • BANIF 0,01 3,30%
  • CTT 7,69 2,77%
  • PTC 1,78 1,42%
  • BES 0,45 -7,60%
  • BCP 0,12 -2,62%
  • SEM 11,03 -0,99%

Ver todas as cotações

Mercados Externos (Cotação / % Variação)

PUB